"Ando no rastro dos poetas, porém descalça... Quero sentir as sensações que eles deixam por ai"



quinta-feira, 26 de abril de 2012

De costas ao superficial


Aqui, o que permanece, é o que intensifica:
a força a qual se adentra e fica.

"Às vezes a saudade é tão grande que nem é mais um sentimento.
A gente é saudade."

Ouve dos céus, o lugar da tua habitação.
Perdoa e trata cada um de acordo com o que merece, visto que conheces o seu coração.
Sim, só tu conheces o coração do homem.

2 Crônicas 6:30

quarta-feira, 25 de abril de 2012


"Considero que na Terra só existe uma emoção possível.
A de esquecer de si mesmo para se consagrar aos outros.
Ao tentarmos fazer a felicidade alheia, acabamos por receber alguns raios luminosos"

(Yves Saint Laurent)

"A maior riqueza do homem é a sua incompletude."
(Manoel de Barros)


Alguém para nos completar.
Essa idéia é implantada em nossa mente desde que nascemos.
Vivemos uma espera sem fim por algo que nunca vem.
Isso porque aprendemos a nos basear em idéias quase sempre vazias.
Deixamos de viver o nosso todo para esperar por um pedaço de alguém.
Queremos que o irreal se torne concreto e que a pessoa dos sonhos se materialize em nossa frente.
Acho muita responsabilidade exigir que alguém nos complete.
Eu sou da teoria que precisamos de alguém que já venha inteiro.
Porque a pessoa que vem inteira sabe respeitar espaços, a pessoa que se sente completa aceita que você não é igual, e principalmente, a pessoa que aprendeu a totalidade sozinha sabe que dividir algo com você não implica em nenhuma perda para ela.
Acredito que a troca no relacionamento só é completa quando cada um é inteiramente proprietário das suas ações.
E que não é a metade da laranja que faz você ser completo, mas as lições que você aprende durante sua incompletude.
Essas sim serão imprescindíveis e farão você dividir completamente tudo que existe dentro de você.

Esperar a metade da laranja é o maior bagaço...

"É difícil mudar de casa.
Sair da casca.
Deixar o quentinho do cobertor.
Sair do banho e alcançar a toalha.
Mudanças são contrastes de estados e, por isso, doloridas.
É nascer de novo sair de uma relação para o vazio.
Ou para outra.
É preciso coragem e ruptura.
É preciso acreditar.
Comum permanecermos imóveis por mais que o suportável.
Sair do banho e agachar enrolado na toalha, pensando na vida.
Demorar um tempo até tomar coragem pra mudar de posição.
Mudar é um parto, sempre.
Mesmo que o novo mundo seja melhor.
Diante do universo inteiro que se anuncia novo, o de alguém que chegou de surpresa, muitas vezes nos acovardamos."

Senhor, Deus de Israel, não há Deus como tu nos céus e na terra!
Tu que guardas a tua aliança de amor com os teus servos que, de todo o coração, andam segundo a tua vontade.

= 2 Crônicas 6:14 =

terça-feira, 24 de abril de 2012


"Mas amo, é o que importa.
Amo demais.
Sem discursos, sem frase de efeito, sem irresponsabilidades.
Eu sei porque se não fosse tão forte eu não ficaria sem palavras."

Pérolas a porcos


Você sabe como se forma uma pérola?
Sempre que entra algum corpo estranho na ostra ela se defende desse “invasor” cobrindo-o com diversas camadas de nácar. Essa substância reveste o corpo estranho de maneira concêntrica, formando a pérola.
Acontece que nem sempre essa formação calcária resulta redondinha e geralmente esse processo é bastante demorado. É por isso que as pérolas são tão valiosas.

Pois! Passamos a vida a produzir as nossas pérolas.
Com muito afinco e esforço, vamos, lentamente, transformando aquilo que era um incômodo grão de areia em uma rotunda e brilhante pérola!
Com o passar do tempo, completamos uma coleção delas.
Aí, dessas bolinhas, fazemos o que bem nos aprouver.
E é aí onde mora o perigo!

Mesmo que produzamos um belo colar, um reluzente anel ou um lustroso par de brincos, convivemos com o risco de presentear nossos bens a um porco.
Aí ficamos nós de cá sem nada e o leitão desfilando por aí com nossas preciosidades suspensas pelo pescoço!
O que fazer nesses casos?
Prender a respiração e reaver o que é nosso à força ou respirar fundo e começar do zero – mais complicado, mas certamente mais honroso.
Não me entenda mal!

Nossas pérolas podem – e devem – ser compartilhadas, mas apenas com aqueles que amamos, aqueles que nos fazem felizes e que as merecem.
Se o argumento sentimental não lhe toca o coração, pense no assunto como uma questão de administração de recursos.
Deve-se analisar a relação custo/benefício da transação “perolística” antes de colocar as joias da família no prego ou no focinho do leitão.

Quem em sã consciência aplicaria tanto num investimento que não confere retorno algum?
Há que se pesar.
Em sendo o saldo positivo, muito que bem, mas no caso de detecção de atividade suína, alto lá.
Seja feliz sem medo, mas não atire pérolas a porcos.

Bendito sejas, ó Senhor, Deus de Israel, nosso pai, de eternidade a eternidade.
Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu.
Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo.
A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas.
Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos.
Agora, nosso Deus, damos-te graças, e louvamos o teu glorioso nome.

- 1 Crônicas 29:10-13 -

segunda-feira, 23 de abril de 2012


Nunca a vida foi tão atual como hoje: por um triz é o futuro.

Eu não sei como os homens conseguem ser tão seguros sendo tão carecas, tão barrigudos, tão baixinhos.
Vocês são um exemplo de autoestima e amor-próprio.
Mulher é diferente.
Uma unha quebra e a gente se ferra.

"Sobre as casas que se pode ser...


... Eu queria ser daquelas
que só de olhar você já sabe:
— aí é bom de morar!

E eu ficaria lá na frente
esperando você passar..."

E você, reconheça o Deus de seu pai, e sirva-o de todo o coração e espontaneamente, pois o Senhor sonda todos os corações e conhece a motivação dos pensamentos.
Se você o buscar, o encontrará, mas, se você o abandonar, ele o rejeitará para sempre.

1 Crônicas 28:9

sábado, 21 de abril de 2012


Amor é paixão, obsessão por alguém que você não pode viver sem. Cair de quatro, amar loucamente alguém que corresponda esse amor.
Como vai encontrá-lo? Esqueça a razão e siga o coração!
A verdade é que sem isso a vida não tem sentido.
Terminar a longa jornada sem ter amado, seria como não ter vivido.
Você deve tentar, porque se não tentar, não terá vivido.
... Fique receptivo. Quem sabe, o céu pode se abrir.

(do filme Encontro Marcado)
“Pegue o amor...
multiplique pelo infinito,
leve às profundezas da eternidade
e terá um vislumbre do que digo.”


 
da trilha sonora do filme “Encontro marcado.”

Rendam graças ao Senhor, pois ele é bom; o seu amor dura para sempre.

1 Crônicas 16:34

sexta-feira, 20 de abril de 2012


“As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito, e é isso que todo mundo quer. Mas a verdadeira alma gêmea é um espelho: a pessoa que mostra tudo que está prendendo você, a pessoa que chama a sua atenção para você mesmo, para que você possa mudar a sua vida.
Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam as suas paredes e te acordam com um tapa.
Mas viver com uma alma gêmea para sempre? Não! Dói demais.
As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesma, e depois vão embora.”
---

“Imagine que o universo é uma imensa máquina giratória. Você quer ficar perto do centro da máquina – bem no eixo da roda -, e não nas extremidades, onde os giros são mais violentos, onde você pode se assustar e enlouquecer. O eixo da calma fica no seu coração. É aí que Deus reside dentro de você. Então, pare de procurar respostas no mundo. Simplesmente retorne sempre ao centro, e sempre vai encontrar a paz.”
---
“Galopamos pela vida como artistas de circo, equilibrados em dois cavalos que correm lado a lado a toda velocidade – com um pé sobre o cavalo chamado ‘destino’, e o outro sobre o cavalo chamado ‘livre arbítrio’.
E a pergunta que você precisa fazer todos os dias é:
qual dos cavalos é qual?
Com qual cavalo devo parar de me preocupar, porque ele não esta sob meu controle, e qual deles preciso guiar com esforço concentrado.”
--- 
“Abstinência de amor?
Tudo começa quando o objeto de sua adoração lhe dá uma dose generosa, alucinante de algo que você nunca ousou admitir que queria - um explosivo coquetel emocional, talvez feito de amor estrondoso e louca excitação.
Logo você começa a precisar dessa atenção intensa com a obsessão faminta de qualquer viciado.
Quando a droga é retirada, você imediatamente adoece, louco e em crise de abstinência (sem falar no ressentimento para com o traficante que incentivou você a adquirir seu vício, mas que agora se recusa a descolar o bagulho bom – apesar de você saber que ele tem algum escondido em algum lugar, caramba, porque ele antes lhe dava de graça).
O estado seguinte é você esquelética e tremendo em um canto, sabendo apenas que venderia sua alma ou roubaria seus vizinhos só para ter aquela coisa mais uma vez que fosse.
Enquanto isso, o objeto de sua adoração agora sente repulsa de você.
Ele olha para você como se você fosse alguém que ele nunca viu antes, muito menos alguém que um dia amou com grande paixão.
A ironia é que você não pode culpá-lo.”

(do filme Comer, Rezar, Amar)

“O amor é sempre complicado.
Mas, mesmo assim, os seres humanos precisam se amar.
A gente precisa ter o coração partido algumas vezes.
Isso é um bom sinal, ter o coração partido.
Quer dizer que a gente tentou alguma coisa”.
---
“É melhor viver seu próprio destino de forma imperfeita do que viver a imitação da vida de outra pessoa com perfeição.”
---
“Há momentos que temos que procurar o tipo de cura e paz
que só podem vir da solidão.”
---
“O local de descanso da mente é o coração.”
---
“Fé é mergulhar de cabeça e em velocidade total rumo à escuridão.”
---
“Às vezes, perder o equilíbrio por amor faz parte de viver
a vida em equilíbrio.”
---
“Ter um filho é como fazer uma tatuagem na cara.
Você precisa realmente ter certeza de que é isso que você quer antes de se comprometer.”
(do filme Comer, Rezar, Amar)

Dêem graças ao Senhor, clamem pelo seu nome, divulguem entre as nações o que ele tem feito.
Cantem para ele, louvem-no; contem todos os seus atos maravilhosos.
Gloriem-se no seu santo nome; alegrem-se os corações dos que buscam o Senhor.
Olhem para o Senhor e para a sua força; busquem sempre a sua face.

1 Crônicas 16:8-11

quinta-feira, 19 de abril de 2012

"Todo dia, era dia de índio...


... mas agora ele só tem o dia 19 de abril"

Antes que o homem aqui chegasse, as terras brasileiras eram habitadas e amadas por mais de 3 milhões de índios, proprietários felizes da Terra Brasilis.

Amantes da natureza, eles são incapazes, com certeza, de maltratar uma fêmea ou de poluir o rio e o mar, preservando o equilíbrio ecológico da terra, fauna e flora, pois em sua glória, o índio era o exemplo puro e perfeito próximo da harmonia, da fraternidade e da alegria.
Da alegria de viver!

E no entanto, hoje o seu canto triste, é o lamento de uma raça que já foi muito feliz, pois antigamente todo dia era dia de índio.

(Baby Consuelo/do Brasil)

A vida pode ser mais leve.
Mais lúdica.
Se eu não brincasse, enlouqueceria.
Não posso, nem sei ser essa imagem que tanta gente congelou a respeito do que é ser adulto.
Passo longe desse freezer.
Quero o calor da vida.
Quero o sonho e a realidade melhor que ele puder gerar.
Quero alguma inocência que não seja maculada.
Quero descobrir coisas que não suspeito existirem e, que para minha surpresa, têm significado para o meu coração.
Adulta, quero caminhar de mãos dadas, vida afora, com a criança que me habita: curiosa, arteira, espontânea.

Vestir a carapuça


Desde a mais tenra idade aprendemos que temos responsabilidades.
Quando crianças, é nosso dever não deixar que o feijãozinho no algodão morra; depois, somos responsáveis por apresentar um boletim impecável, ou pelo menos aceitável, em casa; mais tarde, temos a responsabilidade de trabalhar, nos sustentar, educar nossos filhos e ensiná-los sobre as responsabilidades da vida.
Se algo sai errado, temos de assumir a culpa.

Acontece que há pessoas que assumem culpas demais.
Por receio, insegurança ou culpa no cartório mesmo!
Sempre tem alguém que assume o que não lhe diz respeito e acaba colecionando carapuças.
Toma dores que não são suas num exercício um tanto triste de autodefesa.
O colecionador de carapuças passa a impressão de estar sempre querendo se purgar do peso de um erro passado, de querer se esconder da vergonha de um deslize de outrora.

Sejamos lógicos.
Quem se cura da culpa tomando mais dela para si?
É como tentar se curar de gripe tomando sorvete!
Vestir carapuças é enterrar-se até os olhos para deixar de ver a bagunça deixada para trás.
É fazer-se de valente para acobertar aquilo pelo qual se acovarda.
É admitir a culpa inexistente por causa da culpa que se tem consigo.

Cresci escutando meu pai dizer: “Prometeu? Cumpra; Emprestou? Devolva; Quebrou? Conserte” e assim por diante.
Uma métrica muito adequada para aqueles que desejam uma vida mais prática e menos submersa em angústias, mas não sei se muito atraente aos “caçadores de carapuça”, pois a ideia de deitar-se nos louros da culpa e de caçar chifres nas cabeças equinas e nas entrelinhas soa bem mais simples e menos extenuante.

Ora, se já é difícil lidar com nossa própria culpa, para que tentar administrar a que não nos cabe?
Troquemos a carapuça por um casquete ou um chapéu Fedora, que são mais bonitos, mais saudáveis e não pesam a consciência.

Ouve dos céus, o lugar da tua habitação.
Perdoa e age; trata cada um de acordo com o que merece,
visto que conheces o seu coração.
Sim, só tu conheces o coração do homem.

(1 Reis 8:39)

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Das definições


Amor: s. m.
O sentimento que ele me inspira.

Batom: s. f.
A roupa que meu sorriso veste para encontrar o dele.

Conchinha: s. f.
A posição preferida dele.

Delicadeza: s. f.
O que falta na maioria dos homens, e nele não.

Estrada: s. f.
Caminho que liga minha cidade à dele.

Felicidade: s. f.
1. Estar junto dele.
2. Rir com ele.
3. Comer e beber com ele.
4. Os dedos dele entrelaçados aos meus.
5. Os pés deles abraçados aos meus.
6. A vida dele misturada a minha.

Gostoso: adj.
O gosto que tem tudo o que ele faz.

Hora: s. f.
Período de tempo igual a 30 minutos, quando estamos juntos.

Incondicional: adj.
O que não precisamos dizer.

Juramento: s. m.
O que quem ama não precisa fazer.

King: s. m.
Ele... que se distingue entre outros.

Lar: s. m.
"Home is wherever I'm with you." (lar é onde estou com você)

Marco: s. m.
1. O sapato vermelho que ele usou quando saímos (a sós) pela primeira vez.
2. A meia preta que usei na primeira vez que dormi na casa dele.

N: s. m. (décima terceira letra do alfabeto português)
A primeira letra do nome dele.

Otimismo: s. m.
1. O que ele tem de sobra.
2. O que me falta.

Paz: s. f.
A sensação que ele me traz.

Queijo: s. m.
O que comemos enquanto tomamos vinho.

Respeito: s. m.
O que temos um pelo outro.

Segurança: s. f.
Aquilo que ele me faz sentir, mesmo não estando perto.

Tranquilidade: s. f.
O que ele me passa.

Unanimidade: s. f.
Nossa decisão pelo amor.

Vitória: s. f.
O que a gente deseja um para o outro.

Whisky: s. m.
O que ainda não tomei com ele.

Xoxa: s. f.
O jeito que fico na volta para casa.

Y: s. m. (vigésima letra do alfabeto grego)
1. O detalhe que eu gosto no nome dele.
2. Letra que parece ele me esperando de braços abertos.

Zebra: s. f.
O resultado inesperado que deu no badoo.

(Inspirado no "Dicionário do amor")

A mulher e a patroa


Há homens que têm patroa.
Ela sempre está em casa quando ele chega do trabalho.
O jantar é rapidamente servido à mesa.
Ela recebe um apertão na bochecha.
A patroa pode ser jovem e bonita, mas tem uma atitude subserviente, o que lhe confere um certo ar robusto, como se fosse uma senhora de muitos anos atrás.

Há homens que têm mulher.
Uma mulher que está em casa na hora que pode, às vezes chega antes dele, às vezes depois.
Sua casa não é sua jaula nem seu fogão é industrial.
A mulher beija seu marido na boca quando o encontra no fim do dia e recebe dele o melhor dos abraços.
A mulher pode ser robusta e até meio feia, mas sua independência lhe confere um ar de garota, regente de si mesma.

Há homens que têm patroa, e mesmo que ela tenha tido apenas um filho, ou um casal, parece que gerou uma ninhada, tanto as crianças a solicitam e ela lhes é devota.
A patroa é uma santa, muito boa esposa e muito boa mãe, tão boa que é assim que o marido a chama quando não a chama de patroa: mãezinha.

Há homens que têm mulher.
Minha mulher, Suzana. Minha mulher, Cristina. Minha mulher, Tereza.
Mulheres que têm nome, que só são chamadas de mãe pelos filhos, que não arrastam os pés pela casa nem confiscam o salário do marido, porque elas têm o dela.
Não mandam nos caras, não obedecem os caras: convivem com eles.

Há homens que têm patroa.
Vou ligar pra patroa. Vou perguntar pra patroa. Vou buscar a patroa.
É carinho, dizem. Às vezes, é deboche.
Quase sempre é muito cafona.

Há homens que têm mulher.
Vou ligar para minha mulher. Vou perguntar para minha mulher. Vou buscar minha mulher.
Não há subordinação consentida ou disfarçada.
Não há patrões nem empregados.
Há algo sexy no ar.

Há homens que têm patroa.
Há homens que têm mulher.
E há mulheres que escolhem o que querem ser.

Atende à oração do teu servo e ao seu pedido de misericórdia,
ó Senhor, meu Deus.
Ouve o clamor e a oração que o teu servo faz hoje na tua presença.
- 1 Reis 8:28 -

terça-feira, 17 de abril de 2012

Diário de uma paixão


Eles não se entendiam, raramente concordavam em algo.
Brigavam sempre.
E se desafiavam todos os dias.
Mas, apesar das diferenças, tinham algo importante em comum:
eram loucos um pelo outro.

"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.
Talvez sempre tenham sido e sempre serão.
Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos.
E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos.
Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá." 


"O melhor amor é aquele que nos desperta a alma e nos faz querer mais, aquele que coloca um fogo no coração e traz paz à mente.
E foi isso que você me deu, e o que esperava dar a você para sempre."

- Posso ser divertido se quiser. Concentrado. Inteligente. Supersticioso. Corajoso. E também um bom dançarino. Posso ser o que você quiser. Diga o que quer, e eu serei pra você.
- Babaca!
- Também posso ser!


- Você acredita que nosso amor é capaz de fazer milagres?
- Claro, é ele que traz você de volta pra mim todos os dias.
- Será que nosso amor seria capaz de nos levar juntos?
- Nosso amor é capaz de fazer qualquer coisa.

"Não sou ninguém importante, apenas um homem comum,
com pensamentos comuns.
Eu levo uma vida comum.
Nenhum monumento dedicado a mim.
Meu nome logo será esquecido.
Mas em um aspecto, eu obtive sucesso como ninguém jamais teve.
Amei alguém de coração e alma. E isso sempre foi o bastante pra mim."

"Senhor, Deus de Israel, não há Deus como tu em cima nos céus nem embaixo na terra!
Tu que guardas a tua aliança de amor com os teus servos que, de todo o coração, andam segundo a tua vontade."

- 1 Reis 8:23 -

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Taekwondor =>


"Se me perguntarem como estou, eis a resposta:
Estou indo.
Sem muita bagagem.

Pesos desnecessários causam sempre dores desnecessárias.
Esvaziei a mala, olhei no fundo dela, limpei, e estou indo… preenchê-la com coisas novas.
Sensações novas, situações novas...
Tudo novo."

'E eu me sinto feliz e grata por tudo, vejo amor, maestria, chance de aprendizado, em cada ínfima coisa que me acontece.

Ainda que chova, e às vezes chove muito, a memória da ternura luminosa e imutável do sol faz eu lembrar da natureza preciosa da vida.
O sol não vai a lugar nenhum, ele fica exatamente onde está, mas a nuvem, a chuva, sempre passam.

Tem dia em que eu acordo lindeza e coloco bobagem pra dormir
porque a nítida prioridade é a harmonia do meu coração, o contentamento natural capaz de me nutrir, proteger e me ajudar a seguir.'

Ande nos caminhos do Senhor Deus e obedeça aos seus decretos, aos seus mandamentos, às suas ordenanças e aos seus testemunhos; assim você prosperará em tudo o que fizer e por onde quer que for.

(1 Reis 2:3)

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Neckyr à la cArte!


“De todas as coisas que existem, algumas estão ao nosso alcance, e outras não.

Estão ao nosso alcance: o pensamento, os impulsos, o querer e o não querer – em uma palavra, tudo aquilo cujo resultado são nossas próprias ações...

Mas existem coisas que surgem sem que possamos interferir, nos surpreendem, e neste caso, é preciso saber olhar com sabedoria o que se passa...

Não peça que tudo na vida siga o caminho de sua vontade.
Reze para que as coisas aconteçam como elas precisam acontecer – e verá que tudo é muito melhor do que estava esperando”.

Independência nada mais é do que ter poder de escolha.
Conceder-se a liberdade de ir e vir, atendendo suas necessidades e vontades próprias, mas sem dispensar a magia de se viver um grande amor.
Independência não é sinônimo de solidão.
É sinônimo de honestidade: estou onde quero, com quem quero e porque quero.

Prefiro cair nas mãos do Senhor -
pois grande é a sua misericórdia - 
e não nas mãos dos homens.

2 Samuel 24:14

quarta-feira, 11 de abril de 2012


"Tem coisas da gente que não são defeito nem erro:
são só jeito da gente ser."

Não tenho mais idade pra brincar de esconde-esconde...

Vem me pegar!

Não temos o direito de maltratar a esperança do outro.

Se não ama seu namorado ou sua namorada, deixe ir, não fique prendendo por comodidade e vaidade.
Se um convite desagradou, diga de cara, não torture com desculpas.
Se está interessado em promover um funcionário, faça logo, não fique adiando ou explorando a expectativa para que o sujeito trabalhe mais.
Se pretende oferecer um presente, dê logo, sem suspense, não realize chantagem.

Há a necessidade de ser direto e evitar insinuações que provoquem mal-entendidos.
Não procure o benefício da dúvida, e sim a lealdade da palavra.

Falar a verdade o quanto antes, para que a pessoa possa adaptar-se com a perda e criar um novo sonho.

É Deus quem me reveste de força e torna perfeito o meu caminho.
Ele me faz correr veloz como a gazela e me firma os passos nos lugares altos.
É ele que treina as minhas mãos para a batalha, e assim os meus braços vergam o arco de bronze.
Tu me dás o teu escudo de livramento; a tua ajuda me fez forte.
Alargas sob mim o meu caminho, para que os meus tornozelos não se torçam.

2 Samuel 22:33-37

terça-feira, 10 de abril de 2012

dos abusos pascais

...
Não tem jeito:
páscoa é uma data muito tensa.
Por todo lado que se olha, estão as tentações.
Aí já viu... dei uma bela atolada!
      Polenta                              Bacalhau com mamão

Neste post, falei sobre os meus exageros na páscoa passada.

Esse ano não foi diferente.
Cometi várias ‘infrações’, mesmo sabendo que os danos serão grandes, e se depender da minha disposição, irreversíveis.

Fica ainda mais difícil não deslizar no cardápio quando o ‘chef’ Neckyr tem o dom de transformar uma simples polenta em um prato irresistível.


Confesso que minha paixão por chocolate, bacalhau e vinho é a mais sincera possível, mas o ódio por ter ingerido quilos e quilos de calorias, também.

O que me deixa com a consciência menos pesada, é saber que o chocolate (amargo) pode ser amigo da saúde e da boa forma, e assim posso me deliciar sem culpa com esse prazer, já que ainda tem bastante pra ser consumido.

Beijos e uma semana leve e saudável para vocês.


"Comer uma caixa de chocolate é uma delícia.
Ter comido uma caixa de chocolate é uma desgraça."